ORTODONTIA CONTEMPORÂNEA: Setembro 2021

segunda-feira, 27 de setembro de 2021

Avaliação do tempo de preparo e sobrevida de attachaments em alinhadores Invisalign em 1 ano usando Resinas flow e compostas: Um estudo clínico em boca dividida

 



Neste artigo de 2021, publicado pela Angle Orthodontist, prelos autores Shuang Lin; Ling Huang; Jialing Li; Juan Wen; Li Mei; Haipeng Xu; Lu Zhang; Huang Li. Do Department of Orthodontics, Nanjing Stomatolog- ical Hospital, Medical School of Nanjing University, Nanjing, People’s Republic of China; Orthodontics, Department of Oral Sciences, Sir John Walsh Research Institute, Faculty of Dentistry, University of Otago, Dunedin, New Zealand; Department of Clinical Medicine Research Institution, The First Affiliated Hospital of Nanjing Medical University, People’s Republic of China; Teve o objetivo de Comparar o tempo de preparo e de sobrevivência em attachments em alinhadores Invisalign em 1 ano entre um Resina Flow (FC) e Resina composta (PC).

Cinqüenta e cinco participantes (13 homens e 42 mulheres, idade média de 24,2 com DP +- 5,9 anos) foram incluídos no estudo. Quadrantes ipsilaterais (isto é, maxilar e mandibular direito, ou vice-versa) com attachamentes que foram randomizados aleatoriamente ao grupo FC (Filtek Z350XT Flowable Restorative) e ao grupo PC (Filtek Z350XT Universal Restorative) jogando uma moeda. O principal resultado foi o tempo de preparo. O resultado secundário foi a hora do primeiro dano de um attachment. Os tempos de preparo foram comparados usando o teste t pareado, e os dados de sobrevivência foram analisados pelo modelo de riscos proporcionais de Cox.

Os tempos de preparo foram significativamente mais curtos com o FC (6,22 +- 0,22 segundos por attachments) do que com o PC (32,83 +- 2,16 segundos por attachments; P < 0,001). As taxas de danos dos attachments foram de 14,79% para o FC e 9,70% para o PC. De acordo com os modelos de Cox, o danos nos attachments não foram significativamente afetados pelo material de attachment, sexo, arco, localização do dente, tipo de inserção, presença de sobremordida ou ocorrência de extração dentária.

Os autores concluíram que o uso de resina FC pode economizar tempo em comparação com o uso de PC. Com relação à sobrevida do attachment, não houve diferença significativa entre os dois compósitos. Nenhuma das covariáveis dos materiais de inserção (sexo, arco, localização do dente, tipo de attachment, presença de sobremordida, ou ocorrência de extração dentária) que tinha causado o dano na inserção.

Link do artigo na integra via Meridiam:

https://meridian.allenpress.com/angle-orthodontist/article/91/5/583/463910/Assessment-of-preparation-time-and-1-year

terça-feira, 14 de setembro de 2021

Avaliação quantitativa por tomografia computadorizada de feixe cônico de espessuras dos tecidos duros e moles na região da sutura palatina mediana para facilitar a colocação de mini-implantes ortodônticos

 




Neste artigo de 2021, publicado no The Korean Journal of Orthodontics, pelos autores Song-Hee OhSae Rom Lee;  Jin-Young Choi;  Seong-Hun Kim;  Eui-Hwan Hwang;  Gerald Nelson. Do Department of Oral and Maxillofacial Radiology, Graduate School, Kyung Hee University, Seoul, Korea e do Department of Orthodontics, Graduate School, Kyung Hee University, Seoul, Korea. Teve o objetivo de identificar os locais mais favoráveis que otimizariam a estabilidade inicial e a taxa de sobrevivência dos mini-implantes ortodônticos, o estudo mediu as espessuras dos tecidos duros e moles nas regiões mediana e paramediana do palato usando tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC) e determinou o sexo possível - e diferenças relacionadas à idade nessas espessuras.

A amostra do estudo foi composta por imagens de TCFC de 189 indivíduos saudáveis. A amostra foi dividida em quatro grupos de acordo com a idade. Uma área de grade foi definida para a medição da espessura dos tecidos duros e moles do palato. As linhas verticais foram marcadas em intervalos de 0, 1,5 e 3,0 mm laterais à sutura palatina mediana, enquanto as linhas horizontais foram marcadas em intervalos de 2 mm até 24 mm da margem posterior do forame incisivo. As medições foram feitas em 65 pontos de intersecção entre as linhas horizontais e verticais.

A espessura do tecido duro palatino diminuiu da região anterior para posterior, com diminuição na direção medial para lateral nas regiões média e posterior. Embora o tecido mole seja bastante espesso ao redor das faces laterais do arco palatino, ele formou uma camada constante com apenas 1–2 mm de espessura em todo o palato. Diferenças estatisticamente significativas foram observadas de acordo com sexo e idade.

Os autores concluíram que tanto o palato ântero-lateral quanto a sutura palatina mediana parecem ser os locais mais favoráveis para a inserção de mini-implantes ortodônticos. A espessura do palato difere por idade e sexo; essas diferenças devem ser consideradas no planejamento da colocação de mini-implantes ortodônticos.

Link do artigo na integra via E-KJO:

https://e-kjo.org/journal/view.html?doi=10.4041/kjod.2021.51.4.260