ORTODONTIA CONTEMPORÂNEA: Extração dupla vs única de dentes decíduos no tratamento interceptivo de caninos deslocados palatinamente: Um ensaio clínico randomizado

segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Extração dupla vs única de dentes decíduos no tratamento interceptivo de caninos deslocados palatinamente: Um ensaio clínico randomizado

 




Neste artigo de 2020, publicado na Angle Orthodontist,  pelos Autores Sigurd Hadler-Olsen; Anders Sjo ̈gren; Jeanett Steinnes; Mari Dubland; Napat Limchaichana Bolstad; Pertti Pirttiniemi; Heidi Kerosuo; Raija La ̈hdesmaki. Da Public Dental Health Service Competence Centre of Northern Norway, Tromsø, Norway; Institute of Clinical Dentistry, Faculty of Health Sciences, UiT The Arctic University of Norway, Tromsø, Norway; Unit of Oral Health Sciences, Faculty of Medicine, University of Oulu, Oulu, Finland; Compara o impacto das extrações de caninos decíduos e primeiros molares decíduos com extrações apenas de caninos decíduos em relação à correção de caninos deslocados palatinamanete (PDCs).

Trinta e duas crianças com idades entre 9,5-13,5 anos com 48 PDCs foram alocadas aleatoriamente no grupo de extração dupla (DEG) ou no grupo de extração única (SEG). Os exames clínicos e radiográficos foram realizados no início do estudo e em intervalos de 6 meses até o canino emergir ou o tratamento ortodôntico ser iniciado. As medidas adotadas foram: surgimento de canino superior (sim / não), surgimento de canino superior em uma posição favorável (sim / não), e canino superior com mudança posicional (angulação e setor). Fatores que influenciam o surgimento do PDC foram analisados por meio de regressão logística.

No DEG, 64% (16/25) dos caninos emergiram na cavidade oral vs 78% (18/23) no SEG (P 1⁄4 .283). A posição favorável do PDC no final do ensaio foi observada em 64% (16/25) do DEG vs 57% (13/23) do SEG (P = .600). Movimento distal significativo de PDCs foi registrado no DEG e SEG, embora nenhuma diferença significativa foi observada entre os grupos. Os preditores significativos de emergência canina foram angulação canina inicial (Ângulo A) (P = .008) e condições de espaço em T0 (P = .030).

Os autores concluíram que os procedimentos de extração de dente decíduo duplo ou único são equivalentes no apoio à erupção do PDC na cavidade oral e em uma posição favorável na arcada dentária. Angulação canina inicial e avaliações de espaço podem ser usadas como preditores de erupção do PDC bem-sucedida.

Link do artigo na integra via Meridian:

https://meridian.allenpress.com/angle-orthodontist/article/90/6/751/441229/Double-vs-single-primary-tooth-extraction-in


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe !