ORTODONTIA CONTEMPORÂNEA: Março 2018

segunda-feira, 19 de março de 2018

Análise tridimensional do movimento dentário após a intrusão de um molar extruido usando um mini-implante com aparelho ortodôntico fixo


Neste artigo de 2013, publicado pela Angle Orthodontist, pelos autores  Shin-Jae Lee; Sook-Yun Jang; Youn-Sic Chun; Won Hee Lim; Do Department of Orthodontics, School of Dentistry & Dental Research Institute, Seoul National University, Seoul, Korea, Division of Orthodontics, Ewha Womans’ University Mokdong Hospital, Seoul, Korea, Department of Orthodontics, School of Dentistry & Dental Research Institute, Seoul National University, Seoul, Korea. Mostra um estudo baseado em sobreposição de modelos digitais tridimensionais em dentes intruidos com mini implantes ortodonticos.

Este estudo foi realizado com o objetivo de avaliar tridimensionalmente (3D) as mudanças de posição de um dente intruido, um dente vizinho e um dente conectado a um mini-implante, seguido da intrusão de um único molar supra erupcionado(extruido), utilizando um mini-implante associado a arelhos ortodônticos fixos parciais.

O estudo consistiu de 14 pacientes adultos (dois homens e 12 mulheres com idade média de 41,9 anos), com um molar  extruido devido à perda de um antagonista. A intrusão foi realizada utilizando um mini-implante com uma alça parcial. O tempo médio de tratamento foi de 11,9 meses e o tempo médio de contenção foi de 23,3 meses. Para quantificar as alterações de posição dos dentes, foi utilizado modelos em 3D, um sistema de varrimento dental à base de laser e software 3D no pré-tratamento, pós-tratamento, e contenção estavam orientadas segundo um sistema de coordenadas e sobrepostas utilizando dentes sem movimentação como referências. As alterações nos eixos x, y e z, foram medidos na ponta de cada cúspide dos dentes envolvidos.

O molar extruido foi intruido com um valor médio de 1,35 +- 0,48 milímetros e foi bem conservado durante o período de contenção. A variação total no dente vizinho foi insignificante, apesar de apresentaram movimento oposto em comparação com o dente movimentado durante a intrusão. O dente ligado ao mini-implantes exibiu uma ancoragem segura.

Os autores concluiram que a análise 3D mostrou as mudanças na posições detalhadas de cada dente, e os molares envolvidos foram mantidos após a intrusão.


 Link do artigo na integra via Angle Orthodontist:



terça-feira, 6 de março de 2018

Historia da Biologia do Movimento Ortodontico dentario





Dr. Jhon N. Farrar publicou inúmeros artigos no Dental Cosmos (Periódico Cientifico da época). Entre eles o de 1876 intitulado: “An inquiry into physiological and pathological changes in animal tissue in regulating teeth”; que em portugues: “Uma investigação sobre as alterações fisiológicas e patológicas nos tecidos animais na regulação dos dentes”.


No artigo o autor advogou limites específicos para a circulação dos dentes e, ao fazê-lo lançou as bases "Científicas" para ortodontia. Fundamentado em estudos com animais, Farrar originou a teoria da força intermitente e desenvolveu um parafuso para promover incrementos de forças. O artigo bem extenso mostra inclusive com ilustrações toda fundamentação que o pesquisador se propoz transmitir, tanto na biologia como na biomecânica Ortodontica.

Aproveitem a leitura !!!


Link do artigo na integra Dental Cosmos:

sexta-feira, 2 de março de 2018

Formas de contenção de casos finalizados ortodonticamente




Foi publicado na Revista OrtodontiaSPO 2018 | V51N1 | Páginas: 88-94, mais um artigo da coluna OrtoTecnologia, que abordou o as aplicações das diversas contenções em casos tratados ortodonticamente.

Resumo: A manutenção do alinhamento dentário após a finalização do tratamento ortodôntico tem sido um dos maiores desafios da Ortodontia. Algumas variáveis podem influenciar na estabilidade do tratamento ortodôntico, entre elas a gravidade do tipo de má-oclusão, mecânicas de tratamento realizadas, cooperação do paciente, período de crescimento, adaptação dos tecidos periodontais, envelhecimento, doença periodontal e a cárie. As contenções fixas mantêm o alinhamento após o tratamento ortodôntico, e não dependem da colaboração dos pacientes. O aparelho Hawley é um dos tipos de contenção mais comumente utilizados e a termoplastificada confere também um efeito estético durante a sua utilização. Essas duas opções oferecem conforto, porém dependem da cooperação do paciente para manter a estabilidade do resultado. Ainda não existe um consenso quanto ao tempo, tipo de contenção e protocolo de uso. O tempo, a seleção e maneira de uso corretos irão determinar a manutenção da estética e o equilíbrio da função mastigatória a longo prazo.  

Unitermos: Tratamento ortodôntico; Contenção; Estabilidade; Estética. 

Abstract:  The maintenance of dental alignment after a complete orthodontic treatment has been one of the major challenges in orthodontics. The variables can influence the stability of the orthodontic treatment, including the severity of occlusion, treatment mechanics performed, the patient’s period of growth, periodontal tissue adaptation, aging, periodontal disease and caries. As fixed restraints maintain alignment after orthodontic treatment, and do not rely on patient collaboration. The Hawley apparatus is one of the most commonly used types of containment and a thermoplastic also gives an aesthetic effect during its use. Both provide comfort, but depend on the patient’s community to maintain the stability of the result. There is still no consensus for the time, type of containment and protocol of use. Correct time, selection, and use will determine the maintenance of the aesthetics and long-term masticatory functiona


Keywords:

Orthodontic treatment; Containment; Stability; Aesthetics.

Link do Artigo via Revista OrtoSPO: