ORTODONTIA CONTEMPORÂNEA: Tratamento com camuflagem da má oclusão de Classe III esquelética, com o arcof multiloop modificado com elásticos Classe III em mini-implantes de ancoragem na região maxilar

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Tratamento com camuflagem da má oclusão de Classe III esquelética, com o arcof multiloop modificado com elásticos Classe III em mini-implantes de ancoragem na região maxilar



Neste artigo de 2013, na Angle Orthodontist, pelos autores Shushu He; Jinhui Gao; Peter Wamalwa; Yunji Wang; Shujuan Zou; Song Chen; do Department of Orthodontics, West China School of Stomatology, Sichuan University, Chengdu, China, Department of Stomatology, Shunyi Hospital, Beijing, China, Primary Health Department, Latrobe Community Health Service, Victoria, Australia, DepartmentofOrthodontics,Chongq- ing Stomatology Hospital, Chongqing Medical University, Chongqing, China, State Key Laboratory of Oral Disease, Depart- ment of Orthodontics, West China School of Stomatology, Sichuan University, Chengdu, China. Mostra um estudo clinico com uma mudança de protocolo no tratamento com o arco MEAW associados a mini-implantes ortodonticos.

O estudo foi realizado com o intuito de avaliar o efeito da técnica de fio multiloop edgewise arch (MEAW) com mini-implantes maxilares no tratamento de camuflagem da Classe III esquelética.

Vinte pacientes foram tratados com a técnica MEAW e modificada com elásticos de Classe III fixados em mini-implantes maxilares. Vinte e quatro pacientes foram tratados com MEAW e elásticos longos Classe III fixados nos segundos molares superiores como controle. Telerradiografias laterais foram realizadas e analisadas antes e após o tratamento, e após 1 ano de contenção.

Uma oclusão satisfatória foi conseguida em ambos os grupos. Através da análise dos componentes principais, poderam concluir que a posição ântero-posterior dental, posição sagital e vertical esquelética e posição vertical do molar superior mudou dentro dos grupos e entre os grupos, a posição vertical dos dentes inferiores e a distância Wits  mudou no grupo experimental e entre os grupos. No grupo experimental, os incisivos inferiores inclinaram para lingual 2,7 milímetros e 2,4 milímetros extruidos. A inclinação lingual dos incisivos inferiores aumentou 3.5 graus. Os primeiros molares inferiores inclinaram para distal 9.1graus e intruiram 0,4 milímetros. Os caninos moveram 3,4 milímetros distalmente. No grupo controle, os incisivos superiores vestibularizaram 3 graus, e os primeiros molares superiores extruiram  2 mm. SN-MP aumentaram 1.6 graus e S-Go/N- ME diminuiu 1.

Os autores concluiram que a técnica MEAW modificada combinada com  elásticos Classe III fixados em mini-implantes maxilares pode efetivamente provocar o movimento distal dos molares inferiores, sem qualquer extrusão e os movimentos dos incisivos inferiores para lingual com extrusão para camuflar as má oclusões esqueléticas de Classe III. Rotação no sentido horário da protrusão da mandíbula e ainda dos incisivos superiores podem ser evitados. A técnica MEAW modificado com elásticos Classe III,  pode ser uma estratégia de tratamento adequado, especialmente para pacientes com  ângulo alto (Vertical) e tendência a mordida aberta.


Link do artigo na integra via Angle Orthodontist:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe !