ORTODONTIA CONTEMPORÂNEA: Ajuda numa pesquisa para conclusão de monografia Universidade Ferrara - Itália

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Ajuda numa pesquisa para conclusão de monografia Universidade Ferrara - Itália


Colegas,


Conclamo a todos(as) a participar de uma pesquisa, no qual ajudaremos uma colega Brasileira que está concluindo sua Especialização em Ortodontia na Universidade de Ferrara – Itália. A Drª. TatiLie Kumagai, precisa que respondamos um questionário automático que fica hospedado no site da Faculdade em que estuda. Peço a todos(as) colegas do Brasil, Portugal e demais nações que nos visitam diariamente para ajudá-la, pois ela precisa de um numero expressivo de entrevistas para concluir seu trabalho. O questionário pode ser respondido em Português, Inglês e Italiano.

Boa Sorte a amiga TatiLie com seu trabalho !!!

Marlos Loiola
-------------------------------------------------------------------------------

Mensagem da Autora:


A diversidade étnica é um assunto que apenas recentemente está recebendo atenção na mídia. Nos Estados Unidos, existem clínicas de cirurgia plástica que são focalizadas na estética 'não-branca' e na Ásia, as cirurgias estéticas que antigamente se chamavam 'de ocidentalização', que incluem a criação da prega na pálpebra superior e remodelamento do nariz, atualmente são feitos com desejo harmonizar o rosto dentro das características étnicas do paciente. No entanto, na ortodontia, o ideal estético ainda é aquele próximo ao ideal caucásico norte-americanos. Um artigo de Sow, Chew and Wong, 2005 mostrou que ortodontistas americanos e chineses têm preferências parecidas (por um perfil normal ou biretruso) diferente da população chinesa em geral, e criaram a hipótese de que talvez essa diferença se dê pelo fato que a pós-graduações desse ortodontistas terem sido adquiridas na sua maioria em países de população caucásica. Hall et al (2000) por sua vez, mostrou diferenças de aceitabilidade de perfis em caucásicos e afro-americanos, entre ortodontistas e pessoas leigas.

Na escola onde estou me especializando, a Università di Ferrara, Itália, há um grande foco na estética. Tanto que sediamos um congresso em Parma para falar apenas disso. Mas, infelizmente, ênfase na estética baseada no grupo étnico do paciente é pouca. Imagino que seja pela recente história de imigração e também porque são poucos aqueles que procuram tratamento ortodôntico. Sendo uma dos poucos estudantes estrangeiros da escola e sendo a única proveniente de um ambiente multi-étnico, senti que cabia a mim começar a explorar essa área. Por isso decidi escrever a minha tese sobre a estética multi-étnica: como diversos grupos étnicos percebem a beleza e a sua relevância no planejamento do tratamento ortodôntico. O objetivo da minha pesquisa é mostrar que cada grupo étnico tem a sua preferência estética e que ,como disse Polk et al (1995), o paciente deve ser estimulado a participar das decisões envolvendo mudanças no perfil. Para coletar essas preferências estou enviando um questionário online para ortodontistas e pessoas leigas em todo o mundo.

Convido vocês a participarem e antecipadamente agradeço.

TatiLie Kumagai


LINK DA PESQUISA:

6 comentários:

  1. Boa noite,
    Participei do estudo, espero ter ajudado.
    Obrigada pelo blog e parabéns!
    Talita Nacamura

    ResponderExcluir
  2. Tbem ja participei, vamos la amigos

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada pela participação!

    ResponderExcluir
  4. Olá, sou estudante de odontologia da UNESP e gostei do olhar diferenciado a respeito de ortodontia estética em sua pesquisa.
    Estou interessada em fazer mestrado ou especializacao na Itália. Voces poderiam me dar algumas dicas de como proceder?
    Agradeco desde já!

    ResponderExcluir
  5. Olá Leda, envie um e-mail para o ortodontiacontemporanea@gmail.com .Que te passarei alguma informação !!!

    ResponderExcluir

Participe !